Desaparecidos

Existem 370 casos cadastrados, em 20 estados

Parcerias

Nos últimos anos a Secretaria de direitos humanos – SDH, por meio da Secretaria Nacional de Promoção dos Direitos da Criança e do Adolescente – SNPDCA, apoiou ações de enfrentamento ao desaparecimento de crianças e adolescentes por meio de parcerias firmadas com:

· Caixa Econômica Federal na divulgação de imagens de crianças e adolescentes desaparecidos por meio dos bilhetes lotéricos;

·  Centro Universitário UNICEUB na divulgação de imagens de crianças e adolescentes desaparecidos por meio de material gráfico de campanha dos vestibulares;

·  Fundação Antares de Ensino Superior, Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão - FAESPE para realização de cursos de capacitação para os atores da ReDESAP (polícia militar, polícia civil, policia rodoviária federal, conselheiros de direito, conselheiros tutelares e representantes de ONG’s) de 12 estados: RJ, SP, GO, DF, PA, SE, PR, RS, MG, PE, BA e CE;

·  Departamento de Policia Federal com o objetivo de criar um “Banco de Dados Nacional de Perfis Genéticos de Crianças e Adolescentes Desaparecidos”, através da obtenção dos perfis genéticos dos familiares de crianças e adolescentes desaparecidos, de crianças e adolescentes de filiação incerta e de restos mortais não identificados de crianças e adolescentes;

·  Correios, na divulgação de imagens de crianças e adolescentes desaparecidos por meio de sedex;

·  Departamento de Policia Rodoviária Federal na capacitação de policiais, divulgação de imagens no site da DPRF;

·  Central dos Transportes na divulgação de imagens;

·  Campanha Siga Bem Crianças 2010, 2011 e 2012 divulgação de imagens e da Lei da Busca Imediata (Lei nº 11.259/2005);

·  Fundação Criança de São Bernardo do Campo por meio do projeto “Avaliação e Sistematização de práticas que promovam a localização e a identificação de crianças e adolescentes desaparecidos no município de São Bernardo do Campo”;

·  Policia Civil do Estado de Alagoas por meio do projeto “Atualização do Cadastro da Rede Nacional de Identificação e Localização de Crianças e Adolescentes Desaparecidos – Redesap, no âmbito do Estado de Alagoas”;

·  Centro Internacional para Crianças Desaparecidas e Exploradas (ICMEC) na realização do 4º Encontro da Rede Global de Crianças Desaparecidas (GMCN) & Encontro Rede Nacional ReDESAP.

Apoia desde 2002 a Rede Nacional de Identificação e Localização de Crianças e Adolescentes Desaparecidos – ReDESAP.
 
A ReDESAP é um movimento da sociedade civil e conta com o apoio institucional da SDH/PR e de outros órgãos de governo, bem como de ONGs,  Conselheiros Tutelares, entre outros.

O intuito da rede é mobilizar as instituições públicas e privadas, com e sem fins lucrativos no instituto de dar visibilidade a temática e buscar apoio para a criação e implementação de estratégias e ações de prevenção ao desaparecimento e localização de crianças e adolescentes  desaparecidos.

 Encontros Nacionais da ReDESAP

A SDH/PR apoiou a realização de três encontros nacionais da ReDESAP, contando com os seguintes parceiros:

·  Caixa Econômica Federal - Realização do I Encontro Nacional - 2005 em Brasília/DF;

·  Fundação para Infância e Adolescência – FIA/RJ – Realização do II Encontro Nacional – 2008 no Rio de Janeiro/RJ;

·  Secretaria Estadual de Segurança Pública do Estado de Roraima – Realização do III Encontro Nacional – 2010 em Boa Vista/RR.